Futsal

Os 6 Melhores Jogadores Portugueses de Futsal Desde 2000

O talento demonstrado pelos portugueses na história do futsal luso ao longo das décadas tem sido absolutamente inegável. Estes seis icónicos jogadores foram os que mais contribuíram para a qualidade da modalidade em Portugal desde 2000.

Ricardinho

Qualquer top deste género que não inclua Ricardinho pelo menos no pódio está simplesmente incorreto. Ricardinho é considerado o melhor do mundo atualmente, e até mesmo um dos melhores jogadores de futsal de sempre.

Os títulos individuais e coletivos têm vindo a acumular-se no seu historial, e Ricardinho não mostra sinais de abrandar. Hoje, este raro talento coloca as suas habilidades ao dispor do Inter Movistar, de Madrid.

Ricardinho tem 32 anos, o que significa que ainda tem pela frente alguns anos para expandir o seu domínio e impressionar cada vez mais os entusiastas da modalidade a nível internacional.

Arnaldo Pereira

No currículo de Arnaldo Pereira está incluído o maior número de internacionalizações entre todos os jogadores portugueses de futsal na história, com 208.

O empenho e a paixão que o jogador inspirava na formação lusa era realmente impressionante. Uma das figuras mais marcantes e acarinhadas do futsal em Portugal, Arnaldo Pereira contribuiu para a conquista da UFC pelo Benfica, assim como para a presença do plantel nacional na final do Europeu de 2010.

Agora, o prodígio está em fim de carreira, a jogar por um clube da segunda divisão em Itália. Na época passada, Arnaldo Pereira viveu a experiência de ser treinador, tendo orientado os jovens talentos da equipa sub-20 do Futsal Azeméis.

João Benedito

João Benedito será sempre conhecido como o eterno guarda-redes do clube verde e branco, um jogador adorado pelos adeptos sportinguistas.

Para João Benedito poder gozar dessa excelente reputação no mundo do futsal, contribuiu não só a qualidade das suas performances à baliza, consistentemente magistrais, mas também o seu lado humano e afetuoso, amplamente apreciado pelos fãs da modalidade, e não só dos leões.

Desde 2016, João Benedito está afastado do futsal competitivo. Até mesmo recusou um convite para fazer parte da estrutura do Sporting. No entanto, esse é um projeto que o jogador pretende concretizar daqui a alguns anos.

João Matos

Este é um dos casos da lista nos quais o jogador em questão está ainda no auge da sua carreira, a dar tudo em campo. João Matos coloca os seus talentos à prova pelo Sporting e é uma das escolhas imprescindíveis do treinador do plantel nacional.

Desde o início da sua carreira que João Matos se mantém na equipa leonina, provando assim a sua inabalável devoção ao clube. Soma já 119 partidas ao serviço da seleção portuguesa de futsal.

Pedro Costa

Pedro Costa foi um dos jogadores mais fundamentais para a conquista da UFC em 2010. Em todos os duelos, lutava afincadamente de cada vez que recebia a bola.

A mesma atitude em relação ao jogo levou Pedro Costa a ser também uma parte extremamente importante do caminho da seleção portuguesa rumo ao confronto final do Campeonato Europeu no mesmo ano.

Pedro Costa acumulou 119 internacionalizações pela formação das quinas. Atualmente, já não joga, mas está a treinar a equipa japonesa dos Nagoya Oceans.

Gonçalo Alves

Gonçalo Alves passou pelos dois principais clubes da capital lusitana, o Sporting e o Benfica. Passou 11 anos em campo pela equipa encarnada, sendo que, durante seis, serviu como capitão do grupo.

Foi na última temporada, aos 39 anos, que Gonçalo Alves terminou a sua carreira como jogador. No entanto, continua a trabalhar a par com as águias como manager da equipa de futsal.

Quer ainda joguem ou quer estejam já afastados do desporto, estas seis figuras serão para sempre lembradas de uma forma especial na história do futsal português.