Andebol

Conheça as Novidades dos Jogos de Apuramento para o Europeu de Andebol de 2020

A Federação Portuguesa de Andebol anunciou quais os convocados para os próximos duelos frente à Roménia e à Lituânia, enquadrados no apuramento para o Campeonato Europeu da modalidade, a realizar-se em 2020.

André Gomes, Belone Moreira, Diogo Silva e Gustavo Capdeville são alguns dos destaques da lista. André Gomes, Belone Moreira e Diogo Silva são laterais que jogam, respetivamente, pelo FC Porto, pelo Benfica e pelo Avanca. Já Gustavo Capdeville serve como guarda-redes no Madeira SAD.

Algumas das ausências mais notadas incluem nomes como Hugo Figueira, João Ferraz, Jorge Silva e Wilson Davyes.

A seleção nacional de andebol receberá a formação romena em território luso, mais precisamente em Santo Tirso, naquele que é o primeiro confronto do grupo 6 da fase de apuramento. Para defrontar a Lituânia, o plantel português irá prosseguir até à cidade de Klaipeda, junto à costa oeste do país.

As estatísticas dos duelos de andebol entre Portugal e a Roménia não são muito favoráveis para o grupo luso. Em 14 jogos, Portugal perdeu sete, empatou três e conquistou quatro vitórias.

No grupo 6 encontra-se ainda a temida e colossal seleção francesa, hexacampeã mundial, tricampeã europeia e bicampeã olímpica. A França venceu o Campeonato Mundial de Andebol em 1995, 2001, 2009, 2011, 2015 e 2017; e conquistou o Europeu em 2006, 2010, 2014.

Quanto aos Jogos Olímpicos, foi em território chinês e britânico que a formação arrecadou o ouro, respetivamente, nos eventos de Pequim 2008 e Londres 2010.

Olhando para estas estatísticas podemos verificar que, no século XXI, a seleção francesa de andebol colecionou dez importantíssimos títulos internacionais. Portugal terá de dar nada menos do que o seu melhor em campo quando se encontrar com os franceses.

O Campeonato Europeu de Andebol de 2020 será o primeiro a integrar 24 nações. Após serem disputados todos os jogos da fase de grupos, apenas os dois países mais bem classificados de cada um dos oito conjuntos avançará para as etapas finais.

Para além destes, terão presença marcada nas fases seguintes as quatro melhores equipas na terceira posição. No entanto, para averiguar quais as nações que receberão os quatro passes adicionais, serão considerados somente os resultados conseguidos frente às duas melhores equipas do grupo.

Um Jogador Português de Andebol Morreu no Seu Primeiro Treino de Regresso

André Campos, um jovem português de 23 anos, tinha acabado de concluir os seus estudos universitários num mestrado em Bioquímica.

Tinha prometido à sua equipa de andebol que voltaria à modalidade assim que terminasse o curso. O seu clube era o São Paio de Oleiros, uma vila no concelho de Santa Maria da Feira.

Durante o seu primeiro treino de regresso, André e os colegas fizeram uma pausa para escutar o treinador quando, repentinamente, o jovem caiu inanimado devido a um ataque cardíaco fatal.

Carlos Malta, o presidente do clube de São Paio de Oleiros, ainda se encontra incrédulo. Afirma que a morte de André é simplesmente lamentável.

O jogador era um jovem educado, cumpridor e sociável, que contribuía sempre para um bom ambiente onde quer que estivesse. O desejo que o presidente expressou foi o de que os familiares e os amigos consigam ser corajosos perante uma situação tão dolorosa.

andebol 1024x681 - Um Jogador Português de Andebol Morreu no Seu Primeiro Treino de Regresso

O alerta do incidente foi dado por volta das 21h. Durante mais de meia hora, um dos atletas, um diretor do clube e o pai de um jogador tentaram reanimar André Campos. Os três homens tinham conhecimentos de primeiros socorros.

Só depois chegou ao pavilhão a equipa de emergência do Hospital de Santo António, no Porto. O atleta regressado encontrava-se em paragem cardiorrespiratória. As manobras de reanimação não foram bem-sucedidas, e André foi dado como morto no próprio local.

A GNR de Lamas foi chamada e o corpo acabou por ser transportado pelos Bombeiros de Lourosa para ser realizada a autópsia.

André Campos era membro de uma família acarinhada de Vila Nova de Gaia. Não é de admirar que as redes sociais tenham sido inundadas de comentários de lamento e homenagem.

Tudo aparentava que o futuro do jovem atleta seria promissor e que André alcançaria grandes feitos tanto nas ciências, como no desporto. As cerimónias fúnebres foram realizadas em Vila Nova de Gaia, o seu conselho de residência.